Opiniões, Idéias e Viagens Mentais
   Quem sabe...

Osasco, 08 de julho de 2014 

 

QUEM SABE... 

 

Não pode mesmo ter sido bom? Quem sabe o dia de amanhã, o próximo mês, o próximo ano, ou a próxima geração não possa aproveitar esse dia de suposta catástrofe em favor próprio... Pois eu vou tentar mostrar, enquanto assisto o South Park, que a maior derrota de todos os tempos da seleção brasileira de futebol, possivelmente hoje nosso maior patrimônio, tenha sido uma das maiores oportunidades ao povo brasileiro de melhorar imediatamente em suas maiores deficiências. 

Sempre me pareceu estranha a relação entre a seleção de futebol com a população... Ninguém jamais ligou, ao contrário, vangloriou, a malandragem de um jogador que consegue enganar um árbitro, arrancar um cartão por simulação, ou mesmo até fazer um gol irregular e comemorar o resultado dessa desonestidade... 

Será que isso parece familiar em nosso dia a dia? O imbecil que vive enganando a esposa é um herói... O camarada que ultrapassa pelo acostamento chega mais cedo ao destino e conta a todos sua façanha... O bom pai de família que recebe o troco a mais e conta até pros filhos como é esperto... 

Não estou tentando destruir a magia e beleza desse esporte, também o adoro, de verdade... Estou dizendo que nosso nível cívico é baixo, e o futebol nutre muito dessa "way of life" superficial, tão sentido aqui pelos lados do hemisfério sul... Qual o sonho de toda criança, ainda hoje? Ser jogador de futebol, famoso, rico, é, sem dúvida alguma, o maior de todos os sonhos dos brasileirinhos.  

Quem sabe a vergonha da maior de todas as goleadas em copas, em casa, o mundo inteiro vendo, não possa ajudar, pela ridícula vergonha que sentimos, não tire o peso (acabou o episódio do South Park, ótimo como sempre) desse orgulho idiota de sermos penta-campeões, de termos orgulho de nossos campeões milionários, e de sermos malandros e enganadores o tempo todo? 

Quem sabe uma luzinha, ainda fraquinha, quase imperceptível, não ganhe intensidade, mesmo que para esquecer essa idiotice, de que estudar, melhorar, trabalhar de verdade, de ter um pouco mais dignidade pelos seus próprios esforços não seja visto por alguns milhões de brasileiros que hoje, erradamente, se sentem humilhados, como um valor a se considerar? 

É lógico que tem muita utopia nesse texto, mas acho que vem bem a calhar, já que transformamos uma utopia, há tanto tempo vista com orgulho, em razão de humilhação e vergonha... (assistindo Big Bang Theory). 

Acalme-se brasileirinho choroso de hoje... Essa derrota pode te colocar num patamar bem diferente, e indiscutivelmente melhor, num futuro não tão distante... Quem sabe você pára de cantar a música do Itaú, quem sabe você esquece esse feio corte de cabelo do menino rico que se machucou, e pense melhor no mundo que vai administrar quando eu me aposentar... 

Quem sabe? 



Escrito por Marcoscl_SP às 01h30
[] [envie esta mensagem] []


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, Homem, de 36 a 45 anos


HISTÓRICO



OUTROS SITES
 Meu irmão Emanuel Campos
 Simplicissimo
 Beto Hora - Humor
 Revista Caros Amigos
 Agência Carta Maior
 Minha amiga Cris
 Parreira Ponto Com
 Confraria das Idéias
 1982 Esporte Clube


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!